Follow by Email

terça-feira, 2 de outubro de 2012

O Chamado

Quando se é diferente;
Quando o mundo já não é o bastante;
E no peito aflora uma inexplicável dor;
Pode ter certeza: você é um escolhido.

E de repente, seus atos de antes
Se tornam seus piores pesadelos.
E esse passado não faz mais sentido,
Tão cruel, esquecível, ignorante e ignorado.

Depois, vem a sede pelo novo;
A vida, a alegria e suas verdadeiras razões.
Vontade de fazer a diferença,
E realização somente por esta escolha.



E assumir-se em uma postura de fé,
Da vivência de um Amor maior.
Porque Este é salvação;
É vida sedenta de vida.
É entrega, sem exigência;
Somente a troca gratuita
Valerá por todas as privações.

Não há pânico, nem desespero.
É um chamado natural;
Basta você reconhecer
Sua voz,
E seguir... sem medo de olhar pra trás.


02 de outubro de 2012.