Follow by Email

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Foi por Amor...



Leve sonho guardado;
Doce, calmo, como uma brisa.
Céu azul estrelado;
Sol e lua, mar, ondas e areias.
Um só universo com duas únicas vidas
E o nome desse mundo é o amor
Em que nós dois vivemos.

Uma gota é suficiente para matar minha sede,
Da tua boca para o meu desejo.
Só eu sou capaz de perdoar seu coração;
Eu te amo, e sem saber o que isso pode dizer,
É o mais profundo sentimento que lhe expresso.
E se lhe diz algo maior que já viveu,
É isso que quero que você descubra em mim.
De um olhar, sinto tua presença que perdi;
Dois olhares que se cruzam
Para reter a magia do que acontece entre nós.
Mas se não for amor o que sinto por você,
É a coisa mais bonita que posso viver:
É sonhar com o brilho do teu olhar.


 02 de novembro de 2004.

Você



Você que me faz sentir bons sentimentos.
Foi você quem trouxe alegria para meus lábios.
Sem contar nas vezes que você me faz sorrir à toa...
Você, que mesmo quando não está por perto,
Sempre está ao meu redor.
Você me lembra de que ainda vivo,
E vivo com você em mim.
Você, que parece passar despercebido por mim,
Mas sempre fico atentamente registrando seus passos.
É em você que eu penso, na hora que acordo,
Na hora em que me deito.
Só você me abraça assim,
Só você me beija desse jeito.
Você, que me diz coisas sem sentido,
Ou coisas que eu também sinto,
Me pede pra ficar mais um pouco...
Você, às vezes esquecido por instantes de meu pensamento,
Vem à tona, de repente,
E me faz sentir saudades, de você.
Você, que me ama sem saber,
Sem conhecer o amor,
Está sempre aqui, para estar comigo.
Você é especial.
Você é a esperança pra eu chegar lá,
E chegar com você.
Por quê?
Porque só me senti amada por você...

 06 de maio de 2005.

Teus Vestígios




Sei que essa dor não vai cessar;
Com toda a força, ela só faz crescer.
E essa neblina faz me arrastar
Pra algum indício que me leve a você.
Um gesto teu, ou teu sorrir;
Fonte me faz renascer.
Dizer todos os motivos, sem esconder,
De quem se ama não esquece jamais;
E esse destino já traçado eu vou seguir.
Levando teus vestígios na minha história
E lutando contra o risco de me ferir.
Minha alma traz de tudo um pouco,
Mas doi demais começar de novo.
No brilho do seu olhar, me refleti;
Teu riso faz revelar o que no fim
Já foi feito...
O que não tem jeito.


 02 de julho de 2004.