Follow by Email

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Teus Vestígios




Sei que essa dor não vai cessar;
Com toda a força, ela só faz crescer.
E essa neblina faz me arrastar
Pra algum indício que me leve a você.
Um gesto teu, ou teu sorrir;
Fonte me faz renascer.
Dizer todos os motivos, sem esconder,
De quem se ama não esquece jamais;
E esse destino já traçado eu vou seguir.
Levando teus vestígios na minha história
E lutando contra o risco de me ferir.
Minha alma traz de tudo um pouco,
Mas doi demais começar de novo.
No brilho do seu olhar, me refleti;
Teu riso faz revelar o que no fim
Já foi feito...
O que não tem jeito.


 02 de julho de 2004.

Nenhum comentário:

Postar um comentário