Follow by Email

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Na Medida da Razão



Esta é minha chance:
De conhecer o novo,
De ser o que não mais seria.

Este é meu dever:
Ser melhor do que não era,
Esquecer as mágoas como mortas.

Este é meu propósito:
Dialogar entre linhas,
Fazer pensar o que já julgava sepultado.

Este é meu sonho:
Ser livre em meu vocabulário,
Fazer do dom, um espelho.

Esta é minha vida:
Tudo o que há aqui,
Letras tortas, palavras descombinadas;
Versos pincelando dissabores,
Tristezas em meio às alegrias,
E um prazer de expor as minhas dores.

29 de novembro de 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário