Follow by Email

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Raro



Falta fala.
Um rosto no meio de muitos,
Inconfundível.
Encaixe de mãos e braços;
Um traço peculiar eterno.
Sensibilidade de boca pra boca.
Sorvemos um ar idílico e incomum.
Raridade nos foi concedida.
Tomamos em um só gole;
Ingerimos além da gula;
Abusamos da nossa sorte.

22 de junho de 2006.

Nenhum comentário:

Postar um comentário