Follow by Email

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Meu Herói



Às vezes penso que você é o homem,
Depois me lembro de que não passa dos vinte;
Sou audaciosa e me atrevo
Imaginar-te sem teu conhecimento,
Sem sua participação.

Um herói se descobre quando se apaixona,
Ao menos foi assim que o sonho ensinou;
Sou vítima nesse conto sem fadas
E só me agrada a ideia que me vem:
Você salva mais um final de tarde.
Defende-me de eu mesma,
Do meu coração é protetor resoluto.

Meu herói não sabe que meu amor já é seu;
Não sabe o bem que me faz;
Como fazê-lo saber?
O tempo não importa, ele acontece,
O que se vive hoje é o que se merece
E eu mereço ser amada
Pelos olhos de um merecedor.
Meu herói me salva a cada olhar.

20 de maio de 2006.


Nenhum comentário:

Postar um comentário