Follow by Email

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Processo



Via um rosto radiante,
Imaginava todo instante mais um olhar.
Silenciava meus pedidos,
Me ocultava em meu íntimo.
Você deveria procurar,
A chance te sondava.
O sorriso era alarme,
Indiferença às vezes representa charme;
Eu não entenderia.
Só que dessa vez já não posso revelar
Sem tua confirmação.

A visão voltada sempre em outra direção
Angustiava.
Olhava dando risada;
Minha mão segurava,
Esperança alimentada.
Eu sonhava acordada
Porque assim me realizava.
Pensava, era você quem esperava;
A metade de mim,
Era a junção pra dois corações.



16 de maio de 2006.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário