Follow by Email

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Um Ano


Um ano se arrastou,
O primeiro.
Dispenso comemorações.
Pasmem:
Ainda há memórias.
É vivo comigo;
Não sei se vive.
Parecem milênios,
Sonhando revivo.
Até o próximo ano
E noutros, nunca mais.
Bobeira de adolescente,
Drama de uma separação.


08 de junho de 2006.

Nenhum comentário:

Postar um comentário