Follow by Email

terça-feira, 15 de março de 2011

Eco de Duas Vozes


Leite com café
Uma mistura que não é
A solução;
Fazer você querer.

Todos os dias em que eu vi teu rosto
Em meio ao desgosto
De um dia acinzentado,
Eu me irradiei.

Porém, eu tenho dignidade,
Eu omitia e não mendiguei.
Meu equívoco foi confessado:
Abdiquei de ser um fardo.

Lembre-se de que eu
Orei do telhado,
Na tua morada;
Rondei sem me insinuar.
O prêmio era você em si,
Cuja atenção fiquei sem furtar.

Orei para ser tua noiva,
Para a natureza fazer você me descobrir.
Tornei-me sua
Antes de você vir.

14 de julho de 2006.

Nenhum comentário:

Postar um comentário