Follow by Email

sexta-feira, 11 de março de 2011

Ultimato




Se a cada vez que o sol despontasse no céu
E eu pensasse que talvez fosse nosso último dia,
Meu tempo eu não gastaria com minhas manias
Que eu só tenho para tempo perder.

Se esse fosse meu último dia
Só o meu corpo morreria,
Porque tudo o que não é físico
Vive para sempre viver.

E se for o último, que você seja o único
Com quem dividi minhas finais alegrias;
E esse é motivo de todos os dias
Que me faz voltar para beijar você.

Eu quero estar no meu último dia,
Ao seu lado, em plena harmonia;
E o amor será o preço
Que não fará nos esquecer...



28 de novembro de 2006.

Nenhum comentário:

Postar um comentário